terça-feira, 5 de abril de 2011

Mitos sobre a Bíblia 01

Mito n.º 1 - A Bíblia é de tão difícil compreensão que apenas teólogos altamente especializados e com treinamento técnico podem ocupar-se de seu estudo.

Este mito tem sido repetido constantemente por pessoas sérias. Dizem elas: "Sei que não posso estudar a Bíblia, pois todas as veses que eu tento lê-la não consigo compreender".

Quando alguém diz isso provavelmente deseja ouvir: "Muito bem! Eu compreendo. Realmente é um livro difícil e, a não ser que se tenha uma formação teológica, num seminário, por exemplo, talvez o melhor seja não tentar explorá-la". Ou quem sabe a pessoa preferisse ouvir: "Reconheço que a Bïblia é uma leitura muito pesada, muito profunda. Parabéns por seu esforço incansável, seu trabalho ardoroso na tentativa de solucionar a charada sobrenatural da palavra de Deus. É triste que Deus haja escolhido uma linguagem tão obscura e esotérica para comunicar-se conosco, algo que apenas os especialistas podem discernir". Temo que estas sejam as respostas que muitos de nós desejam ouvir. Sentimo-nos culpados e ansiamos por aquietar nossas consciências, por negligenciar nosso dever como cristãos.

Quando verbalizamos este mito nós o fazemos com espantosa desenvoltura. É algo tão constantemente repetido que não esperamos vê-lo contestado. Na verdade, sabemos que, como adultos maduros, vivendo num país civilizado, tendo chegado a um grau razoável de educaçã, somos capazes de compreender a mensagem da Bíblia. Se somos capazes de ler o jornal, temos capacidade também para ler a Bíblia. Na verdade, eu ousaria afirmar que já mais palavras e conceitos difíceis expressos nas manchetes dos jornais do que na maioria das páginas da Bíblia.

R. C. Sproul, O conhecimento das Escrituras

* imagem retirada de: http://livrepensar.wordpress.com/2009/11/

Nenhum comentário:

Postar um comentário